HISTORIA DO BOTAFOGO

Club de Regatas Botafogo


Saiba como começou a história do alvinegro de General Severiano, os seus primeiros passos. 
No dia primeiro de Julho de 1894, nascia na praia de Botafogo o CLUB DE REGATAS BOTAFOGO, o clube ganhou esse nome em homenagem a enseada do bairro onde competiam os seus barcos. 
A sede do clube era em um casarão, atualmente demolido, no sul da praia do Botafogo, encostado ao morro do pasmado, onde hoje termina a Avenida Pasteur. 
Os fundadores do Club de Regatas Botafogo: Alberto Lisboa da Cunha, Arnaldo Pereira Braga, Arthur Galvão, Augusto Martins, Carlos de Souza Freire, Eduardo Fonseca, Frederico Lorena, Henrique Jacutinga, João Penaforte, José Maria Dias Braga, Julio Kreisler , Julio Ribas Junior, Luiz Fonseca Quintanilha Jordão, Oscar Lisboa da Cunha e Paulo Ernesto de Azevedo. 

Botafogo Football Club


Veja como surgiu o Futebol Alvinegro 
No ano de 1904 surgia no bairro de Botafogo um novo clube de futebol, o electro club, primeiro nome dado ao Botafogo Football Club. O clube nasceu de uma conversa entre dois amigos durante uma aula. 
Flávio Ramos e Emmanuel Sodré estudavam juntos no colégio Alfredo Gomes e durante uma aula de álgebra, nascia a primeira idéia de fundar um clube, através de um bilhete passado por Flávio a Emmanuel, que dizia: “O Itamar tem um clube de football na rua Martins Ferreira. Vamos fundar outro no Largo dos Leões? Podemos falar aos Werneck, ao Arthur César, ao Vicente e ao Jacques”. E assim tudo começou, os meninos que residiam no bairro de Botafogo, próximo ao Largo dos Leões se reuniram com os outros amigos em um casarão no Largo dos Leões para fundar o Electro Club, no dia 12 de Agosto.
Esse foi o primeiro nome dado ao Botafogo, já que os meninos decidiram cobrar mensalidade e acharam um talão de um extinto clube com esse nome, que resolveram então adotar.
Mas o Electro Club só durou até o dia 18 de setembro, quando foi feita outra reunião na casa da avó do Flávio, D. Chiquitota, que se assustou ao saber o nome do clube e então interferiu falando “ Ora, morando onde vocês moram, o clube só pode se chamar Botafogo” aconselhou Dona Chiquitota, e assim foi feito então passou a se chamar Botafogo Football Club.
O primeiro amistoso, e a primeira vitória, ocorreu no dia 2 de outubro de 1904, contra o Football and Athletic Club, na Tijuca: 3 x 0 para os garotos da Zona Sul. Em 1906, o time participou do primeiro Campeonato Carioca. No ano seguinte, terminou empatado com o Fluminense. 
Assim nascia o Botafogo Football Club, que depois de trinta e oito anos de existência uniu- se ao outro Botafogo, o de Regatas, dando início ao Botafogo de futebol e Regatas.
Fundadores: Álvaro Werneck, Arthur César de Andrade, Augusto Paranhos Fontenele, Basílio Viana Junior, Carlos Bastos Neto, Emanuel de Almeida Sodré, Eurico Viveiros de Castro, Flávio da Silva Ramos, Jacques Raimundo Ferreira da Silva, Lourival Costa, Octávio Werneck, Vicente Licínio Cardoso.

Botafogo de Futebol e Regatas

A união dos dois clubes fez nascer um dos times de maior tradição no Brasil 
O Botafogo de Futebol e Regatas nasceu oficialmente no dia 8 de Dezembro de 1942, como resultado da fusão de dois clubes com o mesmo nome: o Club de Regatas Botafogo, fundado no dia Primeiro de Julho de 1894, e o Botafogo Football Club, fundado em meados de 1904. Os dois clubes tinham suas sedes no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, e depois de um triste fato se uniram. 

No dia 11 de Junho de 1942 os dois clubes disputavam uma partida de basquete pelo Campeonato Estadual e o jogador Albano do Botafogo F.C. durante o intervalo caiu desfalecido, vítima de um ataque fulminante. A partida foi interrompida a dez minutos do final, quando o placar marcava CRB 21x 23 BFC. O corpo de Albano, jogador do Botafogo F.C. saiu da sede de General Severiano e quando passava em frente ao Mourisco Mar o então presidente do C.R.Botafogo, Augusto Frederico Schimidt, disse: “Comunico nesta hora a Albano que a sua última partida resultou numa nítida vitória. O tempo que resta do jogo interrompido, os nossos jogadores não disputarão mais. O então presidente do Botafogo Football Club, Eduardo Góis Trindade, respondeu: “Nas disputas entre os nossos clubes só pode haver um vencedor, o Botafogo!” Schimidt então selou a fusão: “O que mais é preciso para que os nossos dois clubes sejam um só?”.

Com a fusão foram feitas apenas três alterações - a bandeira perdeu o escudo das letras entrelaçadas do CRB e ganhou a estrela solitária do Botafogo Football Club, a equipe passou a usar calções pretos e a bandeira ganhou um retângulo preto com uma estrela branca ao alto. Nos anos 30, durante a cisão entre amadores e profissionais, o Botafogo conquistou o único tetra do Campeonato Carioca, representado por quatro estrelas acima do escudo no uniforme do time. 
O primeiro título veio seis anos depois, em 1948, derrotando em General Severiano o lendário "Expresso da Vitória" do Vasco da Gama. Os anos que se seguiram foram marcados por vitórias e ídolos. O time alvinegro reuniu craques como Garrincha, Nilton Santos, Didi, Quarentinha, Amarildo, Paulo Valentim e Zagallo, conquistando três Campeonatos Estaduais e servindo de base para a Seleção Brasileira que conquistou as Copas do Mundo em 1958 e 1962.

A volta dos títulos começou em 21 de junho de 1989, na histórica vitória de 1 x 0 sobre o Flamengo, quebrando o jejum de 21 anos com uma campanha invicta. No ano seguinte veio o bi, em 1993 a Copa Conmebol e 1995 o Campeonato Brasileiro, comandado por Túlio, Gonçalves e Donizete. No mesmo ano o clube voltou para a antiga sede, onde a torcida comemorou a Taça Guanabara (com 100% de aproveitamento) e o Campeonato Estadual de 1997.

Todos os títulos do Botafogo



Confira a galeria de títulos do Alvinegro de General Severiano, desde 1907.

TÍTULOS REGIONAIS


Campeonato Carioca: 1907, 1910, 1912, 1930, 1932, 1933, 1934 , 1935, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989, 1990, 1997 e 2006.
Taça Guanabara: 1967, 1968, 1997 e 2006.
Taça Rio: 1975, 1976, 1989, 1997 e 2007.
- Em 75 e 76 o Botafogo também conquistou o segundo turno do Campeonato Carioca, porém não levava o nome de Taça Rio, que foi criada em 1982. Na ocasião o segundo turno levava o nome de Taça Augusto Pereria da Mota e Taça José Vander Rodrigues Mendes.
Taça Cidade Maravilhosa: 1951 e 1996.
Torneio Rio-São Paulo: 1962, 1964, 1966 e 1998


TÍTULOS NACIONAIS


Taça Brasil: 1968
- Competição disputada nos anos 60 equivalia ao campeonato brasileiro. O Botafogo sagrou-se campeão jogando a final contra o Fortaleza no Maracanã.
Torneio João Teixeira de Carvalho: 1958
Campeonato Brasileiro: 1995


TÍTULOS INTERNACIONAIS


Torneio Internacional da Colômbia: 1960
Pentagonal do México: 1962
Torneio de Paris (FRA): 1963
Torneio Íbero Americano de Buenos Aires (ARG): 1964
Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol e La Paz: 1964
Torneio do Suriname: 1964
Torneio Carranza (ARG): 1967
Torneio de Caracas (VEN): 1968 e 70
Torneio Hexagonal do México: 1968
Torneio de Genebra (SUI): 1984
Torneio de Berna (SUI): 1985
Torneio Pentagonal da Costa Rica: 1986
Torneio de Palma de Mallorca (ESP): 1988
Torneio da Amizade (MEX): 1990
Copa Conmebol: 1993
Troféu Tereza Herrera (ESP): 1996
Torneio de Osaka (JAP): 1996
III Torneio Pres. da Rússia: 1996.

 

O escudo do Botafogo Football Club

SÍMBOLOS


O primeiro escudo do Botafogo foi desenhado a nanquim por um de seus fundadores, Basílio Viana Júnior. Era um escudo no estilo suíço, tendo todo o seu contorno em preto. Sobre um fundo branco havia o monograma B.F.C. Entrelaçado.

Escudo Botafogo de Futebol e Regatas 

Com a fusão em 1942, o clube mudou não somente seu escudo, mas também o uniforme e a bandeira. Manteve o estilo suíço, porém introduziu um fundo preto e sobre esse a Estrela Solitária, que acabou tornando-se a verdadeira marca do Glorioso
.

Manequinho, um dos mascotes do Botafogo 

O Manequinho é original da Bélgica. Uma cópia da estátua foi construída no Rio, bem em frente a sede social do Botafogo. No campeonato de 1957, um torcedor "vestiu" a estátua com a camisa do Botafogo. A partir daí, torcedores consideram-na como mascote e toda vez que o Botafogo é campeão a estátua é vestida novamente. Por ser uma fonte, alguns bebem da água para comemorar.

Hino Oficial do Botafogo


O Botafogo possui um outro hino, o oficial, que tem letra de Octacílio Gomes e música de Eduardo Souto, que fala em força, saúde. 
Botafogo Gentil!
Pura Glória do esporte brasileiro
A expressão mais viril
Da energia e do brio verdadeiro!
A lutar com afã
Tu farás, corrigindo a juventude,
Que o Brasil de amanhã
Seja a pátria da força e da saúde
Teu futuro e teu passado
Defendidos sem repouso
Façam sempre respeitado
Esse teu nome glorioso!
O alvinegro pendão,
O caminho a apontar-nos da vitória
Do Cruzeiro o clarão
As estrelas traduza a nossa glória!
Não te falte jamais
Da ousadia a nobreza e o puro fogo
Que o primeiro, entre os mais,
Há de ser ó glorioso Botafogo.


O Hino cantado pela torcida 
Confira a letra do hino popular do Botafogo


Hino Popular


Letra e música: Lamartine Babo


Botafogo, Botafogo,
Campeão desde 1910
Foste herói em cada jogo
Botafogo
Por isso é que tu és
E hás de ser
Nosso imenso prazer
tradições,
Aos milhões tens também
Tu és o Glorioso
Não podes perder,
Perder pra ninguém
Noutros esportes
Tua fibra está presente
Honrando as cores
Do Brasil e de nossa gente 
Na estrada dos louros, 
um facho de luz
Tua estrela solitária 
Te conduz

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

Fonte de Pesquisa:

www.botafogonocoracao.com.br