Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 francaavancaparaasquartasdefinaldacopa2018a

 

 

França elimina Argentina com atuação fulminante de Mbappé

Em jogo de sete gols, jovem craque do PSG ofusca Messi e comanda os franceses rumo às quartas de final

França e Argentina tiveram dois inícios de Copa do Mundo bem diferentes na Rússia. Enquanto os franceses se classificaram já na segunda partida, com duas vitórias, e puderam se poupar no empate com a Dinamarca, os argentinos tiveram de jogar até o último minuto do jogo contra a Nigéria para garantir a vitória e a passagem para as oitavas de final. Agora, pouco importa que a França tenha se classificado com 7 pontos e a Argentina com apenas 4; quem ganhar, passa para as quartas de final.

O primeiro tempo da partida fez jus ao que as duas equipes tinham apresentado na fase de grupos. A França mostrou um futebol mais consistente e poderia ter saído com uma boa vantagem. Mas os argentinos acreditaram até o fim, apesar de não jogarem bem. Mbappé atormentou a defesa adversária e forçou dois cartões amarelos, um para Rojo, autor do pênalti convertido por Griezmann logo aos 12 minutos de jogo, e outro para Tagliafico, por falta que impediu que o atacante francês entrasse na área mais uma vez. Com Messi bem marcado, Di María salvou os argentinos aos 41 minutos, com um belo chute de fora da área.

francaavancaparaasquartasdefinaldacopa2018

 

 

 

O cenário era perfeito para Lionel Messi. Maioria da torcida, um ambiente sul-americano e a chance de responder a todos os questionamentos depois de uma fase de grupos instável. Entretanto, quem foi ver o camisa 10 argentino testemunhou o brilhantismo de quem vestia o número do outro lado. Com atuação de gala de Kylian Mbappé, a França derrotou a Argentina por 4 a 3, em Kazan, e avançou às quartas de final da Copa do Mundo.

Mbappé ofuscou completamente um Messi apagado e muito marcado, especialmente por Kanté. O jovem jogador do Paris Saint-Germain participou decisivamente de três dos gols franceses: sofreu o pênalti convertido por Griezmann, abriu o placar no primeiro tempo, e anotou dois na etapa final. Pavard, com um golaço de fora da área, também fez para os franceses.

A Argentina, por outro lado, apresentou os velhos problemas da fase de grupos, um time bagunçado e sem a menor criatividade. A equipe de Jorge Sampaoli até equilibrou as ações na base da raça e de lances individuais. Di Maria, com um golaço, e Mercado, em uma bola desviada, chegaram a colocar os sul-americanos à frente no placar.

Tratou-se apenas de um susto. A França dominou boa parte da partida, cresceu quando acuada e assegurou a passagem para as quartas de final com três gols e um grande segundo tempo. Nem mesmo o tento de Agüero nos acréscimos foi capaz de impedir a eliminação argentina.

Primeiro classificado para as quartas de final, o elenco comandado por Didier Deschamps encara quem avançar de Portugal x Uruguai, duelo também marcado para este sábado, às 15h (de Brasília), em Sochi.

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

brasil.elpais.com,

esportes.uol.com.br,

acervo www.historiadordofutebol.com.br