Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

JUVENAL ex-lateral do Londrina, Corínthians, Comercial de Ribeirão Preto-SP e Internacional-RS

 

Genaldo Rodrigues dos Santos, o Juvenal, nasceu no dia 8 de setembro de 1942 na cidade de  Palmeiras dos Índios no Estado de Alagoas.

Juvenal foi para Cambé quando tinha 13 anos. O que atraiu a família dele foi o "Ouro Verde", o café.

 

Cambé Atlético Clube

 

Ele começou a carreira de jogador nos juvenis do Cambé Atlético Clube.

 

LONDRINA

 

e em 1958 já estava nos juniores do Londrina.

Jogava na posição de lateral direito.

No LEC foi profissionalizado e lá foi campeão paranaense em 1962.

 

Em 1962 o Londrina disputou o campeonato estadual, e para chegar ao triangular decisivo teria que vencer o torneio no norte do estado, e foi o que ocorreu, quando venceu o Apucarana em Curitiba. No triangular o time se impôs na fase disputada também por Coritiba e Cambaraense, e após vencer o Coxa por 4 x 2 no Couto Pereira se sagrou campeão estadual pela primeira vez. A escalação do Tuba foi: Zuza, Juvenal, Gabiroba, Berto, Lelo, Luiz Santos, Chinezinho, Gauchinho, Paulo Vecchio, Paulinho e Adamastor. O técnico era Floreal Garro.

 

 

Abaixo Gauchinho e Juvenal com as faixas de Campeões do Norte do Paraná em 1962 antes de jogar contra o Coritiba.

 

 

 Campeões do Norte do Paraná em 1962

 

 

Campeão Paranaense de 1962

 juvenalnolondrina1962

 

 

 

 

 

CORÍNTHIANS

 

Em 1967 ele se transferiu para o Corinthians. Juvenal lembra que nesta época quando o Corinthians tinha jogo contra o Santos de Pelé, ele e a maioria dos jogadores não conseguiam dormir direito. Juvenal foi pouco aproveitado no Timão.

 

 

Comercial de Ribeirão Preto

Depois da rápida passagem pelo Parque São Jorge, Juvenal acertou com o Comercial de Ribeirão Preto.

 

 

INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE-RS

 

Em 69, jogou pelo Internacional e depois retornou ao Comercial.

 

MARÍLIA

 

Depois foi jogar no Marília.

 

Abaixo o Marília, o MAC de 1971 - Time campeão do Paulistinha em 1971 e que subiu para o Paulistão. O MAC contava com o meia Prado, que depois foi para o São Paulo, e Ivo Picerni, de Neves Paulista. De pé: Henrique Pereira, Brito, João Luís, Juvenal, Elmo e Raimundinho; agachados: Varlei, Prado, Wilson, Valdemar e Ivo

 juvenalmac1971

 

 

 

Abaixo o Marília, o MAC de 1972 -De pé: José Condeli (diretor), José Ribamar (presidente), Betão, Djalma, Helinho, Henrique Pereira, Juvenal e Raimundinho; agachados: Varlei, Neguito, Nei, Valdemar e Ivo Picerni.

juvenalmac1972

 

 

 

Encerrou a carreira em 73, depois de sofrer várias lesões, jogando pelo Marília.

 

Juvenal vive em Cambé (PR), onde trabalha como professor em escolinhas de futebol da cidade paranaense.

Ele é casado com dona Izabel e é pai de cinco filhos: Cláudia, Chico, Carlão, Renata e Marquinhos (ex-lateral-esquerdo do Botafogo).

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

Fonte de Pesquisa:

terceirotempo,

entrevista exclusiva de Juvenal para o site Historiador do futebol

historiadomariliaatleticoclube.blogspot.com.br

 

 

 

 

 

 

"Juvenal, você faz parte da história do futebol, e eu seu amigo Marcelo Dieguez, O Historiador não vou deixar sua história ser esquecida".

Um abraço de seu amigo Marcelo Dieguez.