Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

EDU, ex-meio-campo do América-RJ, Vasco da Gama-RJ, Bahia-BA, Flamengo-RJ, Colorado-PR, Joinvile-SC, Brasília-DF, Campo Grande-RJ e Seleção Brasileira.


Eduardo Antunes Coimbra, o Edu nasceu no Rio de Janeiro (RJ), no dia 5 de fevereiro de 1947.


Corria uma lenda na rua Lucinda Barbosa, subúrbio de Quintino Bocaiúva, de que o futebol de Edu, o mais ilustre morador da rua, era tão grande que, um dia, iriam descobrir que ele não cabia na camisa do América, aonde começou a jogar no juvenil em 1960.

É o segundo maior artilheiro da história do clube com 212 gols.

Edu no treino coletivo no América

Abaixo o América-RJ de 1968

Em pé: Rosan, Alex, Badeco, Aldeci, Leon e Djair

Agachados: Bataglia, Almir, Edu, Tadeu e Gilson Porto

Edu no América em 1970

Edu no América em 1971

Edu no América onde recebeu o Prêmio Bola de Prata em 1971

Abaixo o Time do América-RJ de 1973

Aqui Edu no América-RJ em 1973

Aqui ainda em 1973, vemos Edu, a esposa Sueli e a filha Kátia


Foi o artilheiro do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1969, e campeão da Taça Guanabara em 1974, ambos pelo América, seu time do coração.

Aqui Zico e o irmão Edu, onde Zico entregaria a Faixa de Campeão da Taça Guanabara para Edu do América.


Com a Seleção Brasileira, Edu foi campeão da Taça Rio Branco, em 1967.

Nunca teve muita chance de jogar no time canarinho porque o dono da camisa 10 era simplesmente Pelé.


Em 1975 Edu foi emprestado ao Vasco numa transação que pegou a torcida do América de surpresa, já que tratava-se de seu maior ídolo.

Mas a transferência foi compensadora, ganhava 8 mil cruzeiros no América, e passou a ganhar 12 mil no Vasco.


Ao fim do empréstimo, Edu transferiu-se para o Bahia, aonde seria campeão baiano em 1975.

Nessa época fazia Educação Fìsica, no Rio de Janeiro, e como não queria perder o curso, viajava constantemente para o Rio de Janeiro, o que chateou o técnico Orlando Fantoni, que o colocou na reserva.

Edu só voltaria à condição de titular no final do Campeonato Brasileiro daquele ano.


Em 1976 o Flamengo reuniu 2 irmãos Coimbra em sua equipe, Edu e Zico.

Abaixo os irmãos Antunes Coimbra

Pela forte concorrência nas vagas de meio de campo, Edu não teve muitas chances de atuar pelo clube da Gávea.


Foi então vendido ao Colorado, de Curitiba, ainda em 1976.

Aqui Edu no Colorado em 1977

Foi artilheiro do campeonato paranaense em 1976 e 1978.

Aqui Edu no Colorado em 1977

Edu quando jogava no Colorado. Foto raríssima!
Ele e a família no Passeio Público, em Curitiba.


Edu ainda jogaria em 1978 pelo Joinville.

Depois em 1979 jogou pelo Brasília.

E depois foi jogar pelo Campo Grande, em 1980 e 1981, quando encerrou sua carreira de jogador profissional.


Em 1982 iniciou sua carreira como técnico em seu clube amado, o América.


Em 1984 comandou a Seleção Brasileira em 3 partidas:


- 10 de junho de 1984, Brasil 0x2 Inglaterra 
- 17 de junho de 1984, Brasil 0x0 Argentina 
- 21 de junho de 1984, Brasil 1x0 Uruguai

Aqui Edu quando foi Técnico da Seleção Brasileira em 1984

Aqui Edu foi Campeão Catarinense em 1987 como Técnico do Joinvile

Aqui Edu quando foi Técnico do Coritiba em 1989


Em 2001 Edu lançou um livro chamado Método Sensorial no Futebol Da Infância à Fase Adulta, aonde coloca toda a sua experiência como jogador, técnico e professor de futebol para a formação integral, nos aspectos físico e mental, de novos craques da bola.

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

Fonte de Pesquisa:

Historiador Luiz Fernando Evaristo

 

 

 

 

 

Aqui Edu em 2008

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Edu, você faz parte da história do futebol, e eu seu amigo Marcelo Dieguez, O Historiador não vou deixar sua história ser esquecida".

 

Um abraço de seu amigo Marcelo Dieguez.