Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

CELSO, ex-meio-campo do União Bandeirantes-PR, Primavera-PR e Santa Quitéria-PR.

 

 

Celso Ruins Munhoz, o Celso nasceu no dia 10 de janeiro de 1943 na cidade de Curitiba no Estado do Paraná.

 

 

 

 


Era um meia armador muito rápido e com ótimo domínio de bola.

 

 


Foi apelidado carinhosamente pela torcida como Formiguinha, pois corria o campo todo incansavelmente.

 

 

 


Começou sua carreira no Primavera, de Curitiba, em 1962, jogando pelo clube até 1967.

 

 

 


Foi vendido então ao União Bandeirante ainda em 1967 junto com Mário (ambos do Primavera), aonde alimentou os gols da "dupla caipira" Paquito e Tião Abatiá.

 

 

 

 

 


Na foto do União Bandeirante, nº 100, o time está assim:
 
Pescuma, Laércio, Carlos Roberto, Geraldo Roncatto, Tião Macalé e Serafim.
Nondas, Paquito, Tião Abatiá, Celso e Russinho.

 

 

 

 

Abaixo o União Bandeirantes Vice-Campeão Paranaense em 1969

 

 

 

 

 

 

 

Abaixo Celso aparece em pé sendo o segundo da direita para a esquerda,entre Serafim e Orlando Maia.

 celsouniaobandeirante100

 

 

 

 

 

 

 Abaixo Celso aparece em pé sendo o segundo da direita para a esquerda

 celsouniaobandeirante1971g

 

 

 

 

 


Foi vice-campeão paranaense em 1971 pelo União, numa campanha memorável do time de Bandeirantes.

 

 

 

 

 


Logo após o campeonato paranaense de 1972, aos 29 anos, encerrou sua carreira como jogador profissional.

 

 

 


Em 1974 recebeu um convite para atuar pelo Santa Quitéria, quando foi campeão da Divisão de Amadores de Curitiba.

 

 

 


Celso trabalhava na ESPP, em Curitiba, e disse que se houvesse reencarnação, o clube aonde ele mais gostaria de jogar novamente é o União Bandeirante.
 
 

 

 

Celso Ruins Munhoz, aos 72 anos faleceu no dia 18/11/2015 no Hospital Vitória em Curitiba.

 

O corpo do ex atleta foi velado na capela Municipal São Francisco de Paula e seu sepultamento aconteceu na manhã no dia 19/11 às 9 horas na Universal Ecumênica Vertical.

 

Celso jogou nos grandes tempos do União Bandeirante, com Orlando, Orlando Maia, Geraldo Roncatto, Pescuma e Serafim, Tião Macalé, Calinhos, Nondas, Paquito, Abatia, Russinho e tantos outros craques.

 

 

 

 

 

 

 


 

Publicado por: Murilo Dieguez

 

 

Fonte de pesquisa:

Historiador Luiz Fernando Evaristo

 

 

 

 

 

 

 

 

"Celso, você faz parte da história do futebol, e eu seu amigo Marcelo Dieguez, O Historiador não vou deixar sua história ser esquecida".

Um abraço de seu amigo Marcelo Dieguez.